Mas de 30 partenarios

África do Sul, Austrália, Índia, França (Reunião), Madagáscar, Moçambique e a União das Comores estão a trabalhar em conjunto para assegurar o bom funcionamento do projecto.