about us 02.11 essai 1 PORT

rede ARChE_Net programa operacional INTERREG V 2014-2020.

adaptação dos sistemas de produção de ruminantes transferência de conhecimentos sobre várias questões técnicas no Oceano ÍndicoOs sete países que participam na rede são os seguintes

 2012 - 2015 : ARChE_Net, Adapting Ruminant Systems to Environmental Change

No centro do projecto ARChE_Net estiveram três questões principais :

- O aumento e a volatilidade dos preços dos insumos agrícolas: os índices de preços nos mercados mundiais fornecidos pelo Banco Mundial mostram um aumento regular dos preços das matérias-primas, bem como variações rápidas em certos períodos. O projecto tem impacto nos sistemas de produção, que tendem a tornar-se mais vulneráveis.

- Acontecimentos climáticos mais extremos e recorrentes: As secas ou o aumento da precipitação têm um impacto directo nos animais e nos ecossistemas.

- Desafio alimentar: até 2050, a população mundial é estimada em mais de 9,6 mil milhões de pessoas. A evolução dos rendimentos e dos padrões de consumo alimentar nos países em desenvolvimento implica um crescimento significativo da produção animal.

A capacidade das explorações agrícolas para manter, desenvolver e optimizar a produção de biomassa para utilização animal (forragens, co-produtos), a integração da agricultura e da pecuária e a capacidade para desenvolver os recursos locais surgiram como pontos-chave para o desenvolvimento futuro da pecuária.

A ARChE_Net trabalhou no desenvolvimento e partilha de ferramentas (SPIR, NDVI, LASER, System Expert, BDD) para caracterizar quantitativa e qualitativamente os recursos disponíveis (solo, biomassa, animais) e propor opções para melhorar a produção de biomassa forrageira nos diferentes países parceiros.

2015 - 2020 : Projecto ECLIPSE, Emerging Crop LIvestock Production System adaptado a um ambiente em mudança.

O projecto ECLIPSE é uma continuação do projecto ARChE_Net no Oceano Índico com 6 países parceiros: Austrália, França (Ilha da Reunião), Índia, Madagáscar, Moçambique e a União das Comores.

Quais são os objectivos do ECLIPSE?

Visa contribuir para a segurança alimentar da população, melhorando a gestão das explorações de ruminantes. Para tal, é necessário definir, implementar e avaliar estratégias de adaptação dos sistemas de criação de ruminantes, fornecendo e utilizando instrumentos de orientação inovadores e implementando investigação e experimentação, a fim de identificar os métodos de gestão de efectivos e as vias técnicas mais eficientes.

O primeiro objectivo consiste em melhorar os instrumentos de caracterização dos recursos disponíveis para a criação de ruminantes, integrá-los em estratégias de adaptação mais globais a nível da exploração ou do território, fazer emergir novas estratégias de adaptação que não estejam ou estejam apenas ligeiramente relacionadas com estratégias de alimentação e avaliar a sua pertinência para responder às expectativas dos vários intervenientes (agricultores, decisores, sociedades, etc.) de acordo com indicadores multicritérios (sociais, económicos e ambientais).